sábado, 31 de julho de 2010

Se alguém perguntar quem sou

Se alguém perguntar onde vivo, diga que vivo no coração daqueles que conhecem o amor e a dor. Se alguém perguntar quem sou, diga que sou uma amiga, que fala de amor, que fala do vento e se esquece do tempo... que ama o ser humano indistintamente. Se alguém perguntar onde vivo, diga que vivo no coração daqueles que conhecem o amor e a dor".

Não deixe que supostos GURUS te convençam de que o amor precisa de educação 'secreta' e 'misteriosa'. NINGUÉM PRECISA DE FACULDADE PRA AMAR!

O Amor é simples.

sexta-feira, 23 de julho de 2010

O que as mulheres (e os homens) não devem usar...

Algumas coisas que as mulheres devem saber que são tristes de usar...
Com isso, e pela importância que dou ao sexo feminino, decidi fazer uma pequena listinha de coisas que simplesmente algumas mulheres deveriam repensar antes de usar (caso uma mera opinião masculina importe).

É triste mulher:

1) Usar esmalte com uma florzinha (ou estrelinha) em uma das unhas combinado com a outra mão (no pé já é caso de internação).

2) Salto de acrílico (a não ser que vá fazer um filme pornô ou agradar o namorado fetichista).

3) Lente de contato colorida. Essa é uma das tenebrosas campeãs. Além de dar uma enorme vontade de lacrimejar de aflição (para quem está de frente com o ser), parece que estamos diante de uma personagem do próximo filme do X-Men.

4) Meia-calça cor da pele, tipo Kendall para o inverno (a não ser que tenha mais de setenta anos ou use debaixo da calça em caso de frio extremo). Em hipótese nenhuma deve ser usada com saia e sandália aberta.

5) Calça justa demais, que aperte as partes íntimas (fica parecendo uma pata de camelo).

6) Descolorir os (muitos) pelos da barriga, o famoso "caminho da felicidade". Melhor depilar, caso contrário, é melhor procurar um namorado que tenha colocado blondor no bigodinho. Farão um lindo par.

7) Unha do pé grande, maior do que onde termina o dedo, além de ficar muito feio pode ser um perigo fazendo "carinho" com o pé, no marido ou namorado. Se estiver solteira, vá à praia de meia.

8) Calça jeans com muitas aplicações (rosas coloridas, tachas, strass, etc.). Tudo em exagero polui o visual e esse tipo de calça tem muita informação. Usada junto com o item 2 é uma das piores composições. Se pretende sacanear algum namorado (ou ex), chame o para jantar ou dançar, e vá assim.

9) Perfume Paris, do Yves Saint Laurent. Se não estiver na terceira idade não tem desculpa. As pessoas ao redor não merecem isso e nem todo mundo carrega Neosaldina na bolsa. Usar no verão então é sadismo.

10) Calça legging com tamanco de madeira. Se você não estiver numa refilmagem de "Grease nos tempos da brilhantina", use outra maneira de chamar a atenção. Há outras (e muito melhores) maneiras de um cara te achar gostosa.

O que os homens nunca deveriam usar - ou ter usado
Na coluna passada brinquei, com o meu ponto de vista, sobre o que as mulheres não deveriam usar - pois era sofrível. Foram dezenas de e-mails concordando, mas pedindo para o colunista fazer a mesmíssima coluna, porém sobre os equívocos masculinos. Já tinha isso em mente e aí vai a minha lista para meus queridos leitores.

Acho abominável que um HOMEM envergonhe (no sentido estético) a classe masculina usando:
1) O trio mais famoso do que o do McDonalds: pochete, bermuda jeans e sandália papete. Se vier acompanhado do celular (na capinha) na cintura então. É caso para fingir que não conhece.

2) Blazer com gola rolê por dentro. É o figurino preferido de 10 em cada 10 novos cabeleireiros recém bem-sucedidos na cidade. Esse tipo acha esse conjunto o uniforme da "elegância". Geralmente abrem salão à cidade com os nomes de Roberto's Coiffeur, Cabral's, Antonio's e por aí vai.

3) Sapato social de "franjinha" (aquele detalhe de penduricalho em cima). Se for curto a ponto de aparecer a meia branca por baixo, a coisa beira a piedade. Esse tipo fica ótimo num dublador de Michael Jackson cantando "Billie Jean" no Largo da Carioca.

4) Calça de cintura alta, a chamada "Saintropeito". Cuidado com os testículos! Eles não têm culpa se você se veste mal. Gerentes de churrascaria rodízio costumam adotar esse visual acompanhado de uma vistosa camisa vermelha de seda javanesa.

5) Perfume KOUROS (Yves Saint Laurent). Num acampamento pode ser usado como repelente (pena dos seus companheiros de viagem). Um cara que usa esse perfume se torna inesquecível. O trauma nas pessoas ao redor é irreversível.

6) Essa vai doer em muito "Maurício" mas é a minha opinião: Casaquinho de lã jogado nas costas e amarrado na frente. Esse visual geralmente vem acompanhado de um cabelo arrumado pela mamãe a "La Roberto Justus". Tem solução, mas tem que ser mudado ainda na infância ou no máximo adolescência. Depois fica difícil.

7) Unha suja (e sem cortar). Se você não for o mecânico Pascoal da novela "Belíssima", pode ter certeza que brochará sua namorada ou pretendente. Caso seja bonito como o Gianechinni, ela será somente um pouco mais tolerante, entretanto, irá pedir para limpá-las assim que acabar a noite de fetiche com um desleixado. Não esqueça também de aparecer aqueles pelinhos horríveis que por ventura saiam do nariz ou da orelha - em nome da higiene, please!!!!

8) Base incolor na unha. Triste amigo. Só limpar e cortar já é suficiente. Cuidado se tem esse hábito, pois daqui a pouco estará pedindo "francesinha" no salão.

9) Fazer sobrancelha. Se for tirar um fio maior, ok. Agora, se for limpar e afinar nas extremidades é melhor tomar cuidado. Daí para usar rímel e delineador é um pulo. Não estranhe se vier uma vontade incontrolável de chamar um amigo de infância para assistir "Brokeback Mountain" comendo pipoca light.

10) Cueca furadinha tipo antiga Adams. Amigo, por favor, treine tirar a calça puxando a cueca junto. Nenhuma mulher no mundo agüenta esse choque visual. Se ela vir a sua cueca é provável que você fique na mão (literalmente).
Arnaldo Jabor

quinta-feira, 22 de julho de 2010

Dê sempre o melhor... E o melhor virá!

Às vezes as pessoas são egocêntricas, ilógicas e insensatas...
Pordoe-as assim mesmo!
Se você é gentil, as pessoas podem acusá-lo de egoísta e interesseiro...
Seja gentil assim mesmo!
Se você é um vencedor, terá alguns falsos amigos e alguns inimigos verdadeiros...
Vença assim mesmo!
Se você é honesto e franco, as pessoas podem enganá-lo...
Seja honesto e franco assim mesmo!
O que você levou anos para construir, alguém pode destruirde uma hora para outra...
Construa assim mesmo!
Se você tem paz e é feliz, as pessoas podem sentir inveja...
Tenha paz e seja feliz assim mesmo!
O bem que você faz hoje, pode ser esquecido amanhã...
Faça o bem assim mesmo!
Dê ao mundo o melhor de você, mas isso pode nunca ser o bastante...
Dê o melhor de você assim mesmo!
E veja você que, no final das contas, é entre você e Deus...
Nunca foi entre você e eles!
Tenha uma vida muito feliz!
Madre Teresa de Calcutá

quarta-feira, 21 de julho de 2010

You've got a freind - Você tem um amigo

video

terça-feira, 20 de julho de 2010

Amigos sejam Benditos!!!

Benditos os que possuem amigos,
os que os têm sem pedir,
Porque amigos não se pede,
não se compra nem se vende.
Amigo a gente sente!
Benditos os que sofrem por amigos,
os que falam com o olhar,
Porque amigo não se cala
não questiona nem se rende,
Amigo a gente entende!
Benditos os que guardam amigos,
os que entregam o ombro pra chorar,
Porque amigo sofre e chora.
Amigo não tem hora pra consolar!
Benditos sejam os amigos
que acreditam na tua verdade,
ou te apontam a realidade,
Porque amigo é a direção
é a base, quando falta o chão!
Benditos sejam todos os amigos
de raízes, verdadeiros,
Porque amigos são herdeiros
da real sagacidade.
Ter amigos é a melhor cumplicidade!
Machado de Assis

FELIZ DIA DO AMIGO!

domingo, 18 de julho de 2010

Escolha

Não embarquei naquela conversa
Que prometia me levar ao outro lado do mundo
Preferi navegar por conta própria
Arriscar-me nos oceanos
Atravessar minhas próprias fronteiras
Até pisar no terreno desconhecido de mim mesma
E ser continente.
Norma Facchinetti

sexta-feira, 16 de julho de 2010

Mãe, segura na mão de Deus e vai!



Mãe é mãe.

Mãe diz que é pra gente se cuidar.
Mãe diz que a gente come pouco.
Mãe diz que a gente come demais.
Mãe briga que a gente dorme mal.
Mãe dorme mal.
Mãe é linda.
Mãe é carinhosa.
Mãe enche muito.
Mãe é carente.
Mãe é exigente.
Mãe faz a gente sentir culpa.
Mãe sente culpa.
Mãe fica doente pela gente.
Mãe é capaz de matar ou morrer.
Mãe pode tudo.
Mãe não quer nada.
Mãe quer muito.
Mãe gosta de qualquer coisa.
Mãe não gosta de nada.
Mãe não reclama.
Mãe resmunga o tempo todo.
Tem mãe que é cega.
Mãe faz comidinha.
Mãe cozinha mal.
Mãe odeia cozinhar.
Mãe erra no sal.
Mãe não gosta de ouvir reclamação.
Mãe tem paciência de Jó.
Mãe perde a paciência.
Mãe bate.
Mas mãe apanha da vida o que for preciso para proteger a gente.
Mãe faz muita falta.
Mãe não deveria morrer.

Como princípio da vida, mãe é, apesar de santa, o paradoxo do bem e do mal que existe em todos nós.
Mãe é bacana.
Mãe é chata.
Mãe é alegre.
Mãe é triste.
Mãe não desiste,
Mãe é mãe, só muda de endereço...
Luiz Caversan

O amor por minha mãe é eterno!
Saudade da mãe não paasa nunca.
Lá se vão 10 anos e parece que foi ontem, que a tive em meus braços
que saudade de seus abraços.
Mãe segue seu caminho de aprendizado e sabedoria
desejamos a sua elevação cósmica.
Sua semente de amor estamos regando com muito carinho.
Seu amor foi único e verdadeiro.
Minha eterna amada mãe: Binha.
Vive



Padre Marcelo Rossi
Composição: Nelson Monteiro da Mota

1. Se as águas do mar da vida quiserem te afogar
Segura na mão de Deus e vai
Se as tristezas desta vida quiserem te sufocar
Segura na mão de Deus e vai
Segura na mão de Deus, segura na mãe de Deus,
pois ela, ela te sustentará
Não temas segue adiante e não olhes para trás
Segura na mão de Deus e vai
2. Se a jornada é pesada e te cansas da caminhada
Segura na mão de Deus e vai
Orando, jejuando, confiando e confessando
Segura na mão de Deus e vai
3. O Espírito do Senhor sempre te revestirá
Segura na mão de Deus e vai
Jesus Cristo prometeu que jamais te deixará
Segura na mão de Deus e vai

quinta-feira, 15 de julho de 2010

Assim eu vejo a vida

A vida tem duas faces:
Positiva e negativa
O passado foi duro
mas deixou o seu legado
Saber viver é a grande sabedoria
Que eu possa dignificar
Minha condição de mulher,
Aceitar suas limitações
E me fazer pedra de segurança
dos valores que vão desmoronando.
Nasci em tempos rudes
Aceitei contradições
lutas e pedras
como lições de vida
e delas me sirvo
Aprendi a viver.
Cora Coralina

quarta-feira, 14 de julho de 2010

Hoje eu vou mudar!

E para não ficar apenas nas promessas,
vou começar pelo mais fácil,
vou mudar o caminho.
Vou andar por novas ruas, ver novas caras,
quem sabe, começar uma nova amizade.
Pensando em pequenas mudanças,
vou abrir mão de pequenas coisas,
coisas que me incomodam e que faço automaticamente,
aliás, vou prestar mais atenção nos meus atos,
vou ser um observador de mim mesmo.
Vou vigiar meus passos, e tentar cortar,
aqueles que me levam até a decepção.
Hoje eu vou mudar!
promessa antiga, que me faço sempre que quebro a cara,
mas hoje, hoje eu quero e preciso do novo,
ou quem sabe, resgatar antigos hábitos saudáveis,
Como ser feliz com o que te tenho,
valorizar as pessoas que gostam de mim como eu sou.
Valorizar a roupa que eu uso, a comida que eu como,
a família que eu tenho, o amor que me acompanha,
o estudo que eu concluí, a escola que eu frequento,
o emprego que eu tenho...
São tantas coisas, e tão pouco tempo para ver,
pouco tempo para o que é bom e estável, muito tempo para o que ainda não tenho, muito tempo para lamentações e dores. Chega!
Hoje eu vou mudar, por isso, começo o dia,
com uma prece sentida, agradecendo
pela oportunidade de ter mais uma chance,
de poder desejar e fazer mudanças,
para fazer em mim, o ser que eu gostaria de ser,
e ser livre para dizer que amo a vida,
dizer para cada pessoa que eu conheço,
que elas são importantes para mim,
e abraçar cada uma, como se fosse despedida,
sendo apenas mais um dia,
dia de mudar!
(Paulo Roberto Gaefke)

segunda-feira, 12 de julho de 2010

Quem é o seu amante?

"Muitas pessoas tem um amante e outras gostariam de ter um.
Há também as que não tem, e as que tinham e perderam".
Geralmente, são essas últimas que vem ao meu consultório, para me contar que estão tristes ou que apresentam sintomas típicos de insônia, apatia, pessimismo, crises de choro, dores etc.
Elas me contam que suas vidas transcorrem de forma monótona e sem perspectivas, que trabalham apenas para sobreviver e que não sabem como ocupar seu tempo livre. Enfim, são várias as maneiras que elas encontram para dizer que estão simplesmente perdendo a esperança.

Antes de me contarem tudo isto, elas já haviam visitado outros consultórios, onde receberam as condolências de um diagnóstico firme: "Depressão", além da inevitável receita do anti-depressivo do momento.
Assim, após escutá-las atentamente, eu lhes digo que não precisam de nenhum anti-depressivo; digo-lhes que precisam de um AMANTE!!!

É impressionante ver a expressão dos olhos delas Ao receberem meu conselho.
Há as que pensam: "Como é possível que um profissional se atreva a sugerir uma coisa dessas"?!
Há também as que, chocadas e escandalizadas, se despedem e não voltam nunca mais.
Aquelas, porém, que decidem ficar e não fogem horrorizadas, eu explico o seguinte: "AMANTE" é aquilo que nos "apaixona", é o que toma conta do nosso pensamento antes de pegarmos no sono, é também aquilo que, às vezes, nos impede de dormir.O nosso "AMANTE "é aquilo que nos mantém distraídos em relação ao que acontece à nossa volta.
É o que nos mostra o sentido e a motivação da vida.

Às vezes encontramos o nosso "AMANTE" em nosso parceiro, outras, em alguém que não é nosso parceiro, mas que nos desperta as maiores paixões e sensações incríveis.
Também podemos encontrá-lo na pesquisa científica ou na literatura, na música, na política, no esporte, no trabalho, na necessidade de transcender espiritualmente, na boa mesa, no estudo ou no prazer obsessivo do passatempo predileto...
Enfim, é "alguém!" ou "algo" que nos faz "namorar a vida" e nos afasta do triste destino de "ir levando"!...

E o que é "ir levando"?
Ir levando é ter medo de viver. É o vigiar a forma como os outros vivem, é o se deixar dominar pela pressão, perambular por consultórios médicos, tomar remédios multicoloridos, afastar-se do que é gratificante, observar decepcionado cada ruga nova que o espelho mostra, é se aborrecer com o calor ou com o frio, com a umidade, com o sol ou com a chuva.
Ir levando é adiar a possibilidade de desfrutar o hoje, fingindo se contentar com a incerta e frágil ilusão, de que talvez possamos realizar algo amanhã.

Por favor, não se contente com "ir levando"; procure um amante, seja também um amante e um protagonista... DA SUA VIDA!

Acredite: O trágico não é morrer, afinal a morte tem boa memória, e nunca se esqueceu de ninguém. O trágico é desistir de viver...
Por isso, e sem mais delongas, procure um amante...

A psicologia após estudar muito sobre o tema, descobriu algo transcendental:"PARA ESTAR SATISFEITO, ATIVO E SENTIR-SE JOVEM E FELIZ, É PRECISO NAMORAR A VIDA".
Jorge Bucay (Psicólogo)

segunda-feira, 5 de julho de 2010

Nem tudo é o que parece

Podem falar, é a pura verdade! Não pensem que tomo como insulto ou crítica. Não se trata disto! As pessoas são como são e eu sou como sou. Funciono à minha própria maneira. Tenho minhas próprias características, minhas marcas e busco honrá-las. Ser fiel a mim mesma é uma conquista.

Sou avessa a rótulos e enquadres. Quem quiser pense que pareço assim ou assado. Quem quiser trace um perfil para me encaixar. Em nenhum me encaixo. Sou um ser em processo contínuo de desenvolvimento, em constante transformação, que não pode ser capturado pelas lentes limitadas de quem vê pequeno.

Ouço vozes, sim! Desde criança ouço a voz do meu coração. Mas, não só esta! Ouço a voz da consciência, a dos personagens da minha alma, a da intuição, a da experiência. Ouço a voz do outro que me fala. Ouço a voz da divindade ecoando na natureza. Ouço a voz do silêncio, a voz que não requer qualquer identificação.

Vejo coisas, sim! Tenho visões fantásticas! Sou visionária! Tenho a habilidade e a sensibilidade de ver além. Além do meu umbigo, além do dito, do escrito, do revelado explicitamente. Vejo através dos sonhos, das palavras, dos gestos, da imaginação, da fantasia. Vejo a minha luz e a minha sombra; a luz e a sombra do outro também. Vejo além das estereotipias.

Podem dizer que este negócio de ouvir vozes e ter visões é coisa de doido. Podem me chamar de bruxa. Sei o que é isto. Já fui queimada na fogueira do julgamento alheio e em outras. Podem dizer que sou uma supermulher, ou que me acho "a tal". Nada disto tem importância!

O que verdadeiramente importa é eu seguir ouvindo e vendo o que habita nas profundezas de mim mesma, o outro diante de mim, o que me cerca, a realidade que transcende a materialização.
Norma Suely Facchinetti

domingo, 4 de julho de 2010

Um Amor de Verdade

"Viver uma verdadeira experiência amorosa é um dos maiores prazeres da vida. Gostar é sentir com a alma, mas expressar os sentimentos depende das idéias de cada um. Condicionamos o amor às nossas necessidades neuróticas e acabamos com ele. Vivemos uma vida tentando fazer com que os outros se responsabilizem pelas nossas necessidades enquanto nós nos abandonamos irresponsavelmente.

Queremos ser amados e não nos amamos, queremos ser compreendidos e não nos compreendemos, queremos o apoio dos outros e damos o nosso a eles. Quando nos abandonamos, queremos achar alguém que venha a preencher o buraco que nós cavamos. A insatisfação, o vazio interior se transformam na busca contínua de novos relacionamentos, cujos resultados frustrantes se repetirão. "

Cada um é o único responsável pelas suas próprias necessidades. Só quem se ama pode encontrar em sua vida Um Amor de Verdade.
Zibia Gasparetto

quinta-feira, 1 de julho de 2010

Amiga

Deixa-me ser a tua amiga, Amor,
A tua amiga só, já que não queres
Que pelo teu amor seja a melhor,
A mais triste de todas as mulheres.

Que só, de ti, me venha mágoa e dor
O que me importa, a mim?! O que quiseres
É sempre um sonho bom! Seja o que for,
Bendito sejas tu por mo dizeres!

Beija-me as mãos, Amor, devagarinho...
Como se os dois nascessemos irmãos,
Aves cantando, ao sol, no mesmo ninho...

Beija-mas bem!... Que fantasia louca
Guardar assim, fechados, nestas mãos,
Os beijos que sonhei prà minha boca!...
Florbela Espanca